Sobre projetar nos outros a nossa dependência

terça-feira, 29 de julho de 2014

por glicose.

Funcionária do restaurante:

- Vão querer sobremesa?
- Não.
- Não vão querer sobremesa?!
- Não.
- De certeza?
- Sim.
- Mesmo?
- Mesmo.
- Mas têm ar de quem quer sobremesa!

[Após termos feito pedidos 'sem sal', 'sem molhos', 'com salada', 'ah e tal a massa do taco é fina, não é?' e vestidas com roupa de ginásio, fazia todo o sentido - not - atacar sobremesas.]

- Querer até queríamos, mas não vamos comer.
- Pois. Eu também sou assim. Não como sobremesa e depois... depois chego a casa e atiro-me ao chocolate!






Comments: 1 comentário

Da série Stop The Madness!

[Também podia ser da série Agora Que A Troika Foi Mais Ou Menos Embora Podemos Voltar À Rebaldaria do Costume]



"O BES deverá apresentar amanhã as últimas contas da responsabilidade de Ricardo Salgado, com o maior prejuízo de sempre de um banco em Portugal: 3 mil milhões de euros*. A atividade corrente da instituição financeira agora liderada por Vítor Bento aponta, de acordo com as estimativas dos analistas, para números negativos de 200 milhões. No entanto, a descoberta de um novo problema nas contas do banco irá fazer disparar os prejuízos para um valor 15 vezes superior. A confirmar-se, não só será ultrapassada a almofada financeira de 2,1 mil milhões de euros que o Banco de Portugal tinha sinalizado como suficiente para solucionar o problema como torna a realização de um aumento de capital inevitável."

* Ricardo Salgado pode não perceber muito de contas - ou perceber demasiado, em virtude dos esquemas de engenharia financeira que engendrou - mas é expert em deixar a sua marca pessoal. E em saídas em grande. E em ficar para a história. A bem ou a mal.




Estou parva [aparentemente].

segunda-feira, 28 de julho de 2014

O meu marido tem uma capacidade fora de série para fazer elogios seguidos de contra-elogios, mas também consegue fazer um elogio e um contra-elogio de uma assentada [é só façanhas].

Eu aparentemente disse [mais] uma parvoíce qualquer.
Ele: Ahahahahahah Que parva! És tão parva! Ahahahahah [ainda bem que alguém se está a divertir] Dizes coisas tão parvas, tão parvas, tão parvas. [somos um bocadinho repetitivos]


O meu ego não sabe se ria ou chore.



Comments: 1 comentário
Labels:

Keep Moving Forward II





Comments: 0 comentários
Labels: ,

O meu marido é um romântico incurável

sexta-feira, 25 de julho de 2014

e, como tal, convidou-me para um dos programas mais românticos de que alguém se poderia lembrar:



Até tem ali um coração no canto superior direito e tudo [se passarem o cursor por lá; não podia ser demasiado óbvio]. Tão fofo. Como é que alguém consegue dizer que não a isto? 





Comments: 3 comentários
Labels: , ,

Em saldos

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Wrap Around Tie Sandals | Navy | REISS

o calçado consegue tornar-se ainda mais giro. O modelos, os materiais, os detalhes, as cores, tudo se torna mais atrativo. É assim algo de inexplicável. 220€ agora 62€ [ena, ena, posto assim parece quase dado. quase.]



Comments: 4 comentários
Labels: , , , , ,

Eu, nas palavras de outrem

Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere. Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos. Já não consigo tolerar eruditismo selectivo e altivez académica. Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice. Não suporto conflitos e comparações. Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de carácter rígido e inflexível. Na Amizade desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. Os exageros aborrecem-me e tenho dificuldade em aceitar quem não gosta de animais. E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência.

Tão eu que [metaforicamente] dói.




Comments: 2 comentários
Labels: ,

Sou muito diferente do Garfield

aqui deitadinho, e a explicação prende-se [não só, mas também] com isto:






Das coisas que nunca me acontecem

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Não me passa.




Comments: 6 comentários
Labels: ,

Arriba Supérieur mas não tão superior assim

Agora sim, chocolate. Só para dizer que este chocolate do Lidl, para mim [havia de ser para quem? cada um com as suas papilas gustativas.], é bem melhor do que o 85% da Lindt mas chega aos calcanhares do 85% da Jubileu.

Comprova-se que todos os meus caminhos no âmbito da chocolaterie vão dar à Jubileu. E fora do âmbito da chocolaterie também, como naquele dia em que procurava por uma colónia de férias mas todos os caminhos iam dar, invariavelmente, à fábrica dos Jubileus - a Imperial, em Vila do Conde [eu e o chocolate estamos destinados, é o que é] e nada de colónia [a crise também afetou o setor das placas de identificação].

Se calhar devia render-me em definitivo às evidências: para que ando eu a experimentar chocolates suíços e alemães quando os melhores são portugueses, estão já ali ao lado e são fabricados bem perto de onde cresci? São nitidamente a minha praia.



Comments: 2 comentários
Labels:

Chocolate ♥

terça-feira, 22 de julho de 2014

A Mariana escolheu este pijama e eu aposto que o único critério foi o facto de conter aquela palavra com nove letras.



Comments: 3 comentários
Labels: , , ,

Diz que sou uma Fit Person

Estes sete hábitos aplicam-se-me ['aplicam-se-me' é giro], pelo que, se dúvidas houvesse, tenho agora a prova-que-vale-o-que-vale de que sou uma pessoa fit.

Só não preencho o requisito "treinar de manhã" [irrelevante, para o caso, já que treino na mesma], mas não é por falta de vontade, é mesmo por incompatibilidade de horários. No antigo ginásio estava lá todas as manhãs à mesma hora. [Mesmo quando não me lembrava estaria fechado por ser feriado. Enfim.]



Comments: 1 comentário
Labels:

Aquele momento

em que entras no carro depois deste ter estado umas seis horas ao sol.

Mesmo com estes dias de verão-ameno, já passei por experiências ligeiramente mais agradáveis.



Comments: 0 comentários
Labels:

Está-se bem.


Muito bem mesmo. Ninguém mexe, que é para não estragar!

Verões amenos são um presente dos céus para a minha pessoa-que-se-dá-mal-com-o-calor. Assim como as noites frias, com nevoeiro, que me fazem passar por montras decoradas com tecido verde e luzes e, por momentos, pensar que já estamos no Natal. Estou a ter alucinações, portanto. E nem sequer posso atribuir o facto aos efeitos do calor.





Comments: 0 comentários
Labels: ,

Keep Moving Forward

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Porque andar para trás no tempo ainda não é possível.
[Quando for, logo se verá.]




Há pessoas com sorte

e, depois, há as pessoas com muita [mas muita mesmo, para lá de muita até] sorte.

Como o ciclista holandês Maarten de Jonge, que, por duas vezes, trocou as voltas à morte ao mudar de bilhete e não embarcar nos voos MH370 e MH17 da Malaysian Airlines. [notícia aqui]

Por vezes o não ir por ali - mesmo que o queiramos muito - é o melhor que nos pode acontecer.





Comments: 2 comentários
Labels: ,